Pesquisa demonstra que mulheres sentem menos dor ao ver a foto ou ao segurar a mão do namorado

Em recente pesquisa realizada na Universidade da Califórnia (UCLA) foram levantadas questões relativas à sensação de dor nas mulheres. O estudo foi desenvolvido por um grupo de psicólogos, dentre eles a pesquisadora e co-autora Naomi Eisenberger.

Para o estudo, foram realizados alguns experimentos. Em um grupo de 25 mulheres que tem namorado, foi aplicado o seguinte teste: um estímulo doloroso foi conferido no braço das participantes, e após foi apresentado a elas a foto do namorado, a de um estranho e de uma cadeira.

As participantes do experimento relataram que sentiram menos dor ao ver a foto do namorado. Ou seja, uma mera lembrança do namorado por meio de uma foto, foi capaz de diminuir a significativamente a sensação de dor.

Foi realizado um segundo experimento. Aplicou-se o mesmo estímulo doloroso, só que desta vez as participantes puderam segurar a mão do namorado, a de um estranho e uma bolinha de massagem.

Segundo a co-autora da pesquisa, Naomi Eisenberger, os resultados demonstram o quão importantes são as relações sociais para a nossa saúde física e mental. E Naomi ainda dá a dica, se precisar de um apoio em uma situação dolorosa, uma simples foto de seu ente querido pode ajudar bastante.

Foto: Internet

Com relação ao estudo e ao tema, há de se pensar na questão do conforto psicológico que um ente querido trás, ainda mais quando se é o parceiro. Muitas mulheres preferem que o parceiro participe do parto, nem que seja apenas para segurar a mão da mulher. Essa prática fortalece a relação dos dois, e pelo o que o estudo demonstrou, pode sim melhorar a sensação de dor.

Temos também o outro exemplo que os pais cultivam muito com os filhos. Quando a criança cai ou se machuca, logo vem a mãe com doces e pontuais palavras “Pronto! Já passou!”, e isso pelo visto tem algum fundamento científico!

O estudo é recente, precisa de comprovações e experimentos complementares, porém, já temos um bom norte para futuras discussões sobre a dor e seus aspectos psicossociais.

Informações adicionais sobre o estudo, visite o site da UCLA.
Tenham todos uma ótima tarde!!
Leonardo Fd Araujo CRP 08/10907
Psicólogo e Coach
Tel: 3093-6222

Rua Padre Anchieta, nº 1923, sala 909
Bigorrilho – Curitiba

Comentários

comentários