Estudo diz que imaginar que se está comendo algum alimento, diminui a fome

Uma pesquisa publicada na revista científica Science levantou a seguinte questão: imaginar que se está comendo algum alimento ajuda ou não na saciedade? A resposta foi positiva!
Imaginar que estamos comendo aquela comida saborosa pode sim “enganar” o cérebro. Durante o estudo, os cientistas mostraram imagens de alimentos e pediram aos voluntários que comessem mentalmente 30 unidades de chocolate e ainda cubos de queijo. O combinado era que fossem comendo devagar, saboreando. O resultado preliminar é animador. Os voluntários realmente pareceram mais saciados após a “dieta imaginária”.
Porém, lembra o pesquisador Carey Morewedge, antes que as pessoas comecem a trocar o alimento verdadeiro pelo imaginário serão necessários estudos complementares. A boa alimentação aliada a exercícios físicos continuará sempre sendo recomendada.
Sem dúvida alguma, esse estudo trouxe uma constatação e tanto: o poder da mente.
Sim, temos um poder incomensurável e muito pouco utilizado. Com certo de treino e persistência podemos chegar a resultados impressionantes. No ano passado publiquei aqui no blog uma pesquisa sobre a dor nas mulheres. A pesquisa constatou que as mulheres sentem menos dor ao pensar no parceiro. Esse é só um exemplo de como o poder do cérebro é pouco explorado.
Vídeo da reportagem ” Dieta Imaginária ” que foi ao ar no Jornal Nacional (15/12/2010)
Tenham um bom dia!
Leonardo Fd Araujo CRP 08/10907
Psicólogo e Coach
Tel: 3093-6222

Rua Padre Anchieta, nº 1923, sala 909
Bigorrilho – Curitiba

Comentários

comentários