Cientistas revelam que “cheiro da sedução” da mulher pode atrair ou repelir os homens

Pesquisa conduzida pelo departamento de psicologia da Florida State University levanta uma grande polêmica: a fidelidade masculina pode estar atrelada ao período fértil da mulher.
Os pesquisadores Jon Maner e Saul Miller, demonstraram que a mudança de cheiro na mulher que está em período fértil é percebida pelo homem. Porém, se este homem for comprometido, ao invés de ser atraído, sentirá repulsão ao perceber este cheiro de uma desconhecida.
Ao mesmo tempo, o homem comprometido que está com a sua parceira em período fértil fica mais observador e mais ciumento. Já a mulher fica mais disposta a flertar e se exibir. Por sua vez, o homem solteiro sente maior atração por uma mulher que está neste período, também há um aumento em seu nível de testosterona.
Na pesquisa, os cientistas convidaram uma jovem para freqüentar o departamento de psicologia por algumas semanas. Vários rapazes que participaram do estudo traçaram o grau de atração que sentiam por ela. O resultado foi que os descompromissados sentiam-se mais atraídos no período em que a jovem estava ovulando, já os compromissados sentiram menos atração.
Este tipo de estudo é importante para levantar questões e ampliar os horizontes da ciência. Contudo, há diversos fatores determinantes na sedução. A voz é um fator importante, sem ela não poderíamos passar as mensagens e o flerte seria muito sutil. Uma voz feminina um pouco mais aguda geralmente é mais atrativa ao ouvido masculino. Outro fator que cito como exemplo é o olhar. Há quem diga que os olhos são o espelho da alma, que por eles podemos descobrir muita coisa, dentre as quais se um flerte terá sucesso ou não. É possível observar apenas no olhar se você está sendo atraente ou inconveniente naquele momento.
Este estudo aponta para os primórdios na humanidade. Nossos ancestrais percebiam as sutilezas com maior facilidade. Hoje em dia ainda temos os traços, porém, em menor intensidade. O excesso de informação e a vida atribulada atual são fatores importantes para essa “atrofia”.
Link para o abstract do estudo no Psychological Science
Link para a revista Science Daily
Tenham uma ótima tarde!
Leonardo Fd Araujo CRP 08/10907
Psicólogo e Coach
Tel: 3093-6222

Rua Padre Anchieta, nº 1923, sala 909
Bigorrilho – Curitiba

Comentários

comentários