Life-2BCoaching-2Bo-2Bque-2Btrabalhar-2BLeonardo-2BFd-2BAraujo-2BPsicologo-2Be-2BCoach-2Bem-2BCuritiba

O que trabalhar no Coaching de vida?

  • Artigo publicado em: 24 janeiro, 2017
  • Categorias:
No Coaching de vida temos a possibilidade de trabalhar uma infinidade de temas e demandas que o nosso Coachee nos apresente. Lembrando sempre que é fundamental delimitar desde o começo qual é o objetivo, o estado desejado do cliente.
 
Dentro das atividades, técnicas e ferramentas aplicadas durante o processo de Coaching iremos levantar diversos pontos e questões bastante importantes. Dentre estes, quais são os pontos fortes e a serem reforçados em sua vida. Vamos cada vez mais abrindo o leque, visando o autoconhecimento do cliente e abrindo a possibilidade de se dedicar à conclusão de seu objetivo.

 

 

Vamos a alguns exemplos do que essa ampliação do autoconhecimento pode trabalhar:

  • Refletir sobre o uso do dinheiro;
  • Repensar qual é a sua missão de vida;
  • Deixar a vida mais prática e menos estressante;
  • Gestão de tempo e de prioridades;
  • Criar estratégias para lidar com a procrastinação;
  • Desenvolver planos de ação e reavaliar objetivos de vida;
  • Melhorar o equilíbrio entre atividades laborais e vida pessoal;
  • Priorizar ações e posturas relacionadas ao estágio atual de vida;
  • Trabalhar com novos desafios;
  • Potencializar habilidades e competências;
  • Desenvolver um pensamento sistêmico, sendo direcionado ao seu objetivo.

 

 
Vou dar um exemplo de um caso para Coaching de vida:
 
Uma cliente de 40 e poucos anos me procura para mudar de carreira. Trabalhou muitos anos na mesma empresa e percebe que é chegada a hora de mudar radicalmente de vida.
 
Pois bem, com esse objetivo delimitado, vamos amplia-lo ainda mais. 
Mudar radicalmente de vida? 
Até onde você quer chegar? 
– Quero abrir um negócio próprio e criar a minha própria rotina. 
Qual tipo de negócio você pretende abrir?
Já possui o conhecimento e as habilidades necessárias?
– Pretendo abrir um restaurante de cozinha contemporânea.
E você sabe o que é necessário para tal?
 
A cada sessão, vamos aplicando ferramentas e atividades que visem ampliar ainda mais o horizonte do cliente. Para que se conheça melhor e utilize de maneira mais intensa as habilidades e competências que já possui.
 
Na maioria das vezes o Coaching de vida acaba sendo um momento de organização da vida do cliente. Algo que parecia muito distante, a cada sessão vai criando mais corpo.

Continuando com o exemplo: então a cliente começa a pesquisar as possibilidades de negócio. Compra livros sobre o assunto, assiste palestras e procura conversar com donos de negócio parecidos com o que pretende abrir. 

 
Ter como meta organizar o plano de ação é algo fundamental no Coaching. Precisamos tirar as ideias do campo etéreo e traze-las para o papel. A cada sessão meus clientes saem ao menos com uma atividade impressa e com muitas anotações. 
 
Ficou mais claro agora? Um processo de Coaching, antes de mais nada é um processo de gestão e organização pessoal, no qual o Coach participa ativamente na ampliação do autoconhecimento do Coachee. A conclusão e o dia a dia são outro ponto fundamental. Quando estamos passando por um processo de Coaching o vivenciamos 24h por dia! Até nos sonhos surgem ideias e soluções que podem ser aplicadas. O Coachee pode e deve potencializar todo o material que for produzindo durante o intervalo das sessões. 
 
Que tal escrever uma versão melhor de você mesmo? Estou aqui para ajuda-los nesta missão! 
Leonardo Fd Araujo CRP 08/10907
Psicólogo e Coach
Tel: 3093-6222Rua Padre Anchieta, nº 1923, sala 909
Bigorrilho – Curitiba

Comentários

comentários